Províncias

Novas técnicas para terapeutas estão em estudo

Domingos Mucuta | Lubango

Os praticantes da medicina tradicional na Huíla estão na cidade do Lubango a aprender novas técnicas de tratamento de doenças mediante o uso de folhas, frutas e raízes, no primeiro curso básico, promovido pelo Fórum da Medicina Tradicional de Angola (FOMETRA).

O curso tem 100 alunos, entre curandeiros, parteiras tradicionais e outros interessados, que têm a oportunidade de consolidar conhecimentos sobre a dosagem e os efeitos curativos e colaterais das plantas medicinas.
O presidente do Fórum da Medicina Tradicional na Região Sul, Miguel Catengue, disse que a formação está dividida em sete painéis e 40 temas: “é uma oportunidade para muitos praticantes da medicina aprimorarem os conhecimentos científicos e abandonarem os métodos empíricos aprendidos com os antepassados”.
Miguel Catengue disse que no fim dos dez meses de formação, os participantes vão poder curar os doentes através de aplicação da dosagem correcta, o que evita o risco de intoxicação registada nos últimos tempos na província da Huíla.
O presidente explicou que os participantes vão aprender igualmente a preparação de dosagens, pomadas, xaropes, sabão medicinal, chás e outros elementos essenciais das plantas naturais. O Fórum  pretende partilhar conteúdos da “História da homeopatia”, “A arte de curar”, entre outros temas.

Tempo

Multimédia