Províncias

Novo centro em construção no Lubango

Domingos Mucuta | Lubango

O centro de formação profissional “Estrela da Huíla”, uma iniciativa da Organização Juvenil para o Desenvolvimento Social (OJDS), vai possuir, a partir do primeiro trimestre do próximo ano, novas instalações, no recinto da Missão Católica do Lubango.

Obras do novo edifício financiadas pelo Governo Provincial da Huíla decorrem a bom ritmo
Fotografia: Domingos Mucuta | Lubango

As obras do novo edifício do centro, que lançou já inúmeros jovens para o mercado de trabalho, decorrem em ritmo acelerado, num investimento de 89,9 milhões de kwanzas, financiado pelo Governo Provincial da Huíla.
A construção das novas instalações do centro é um reconhecimento do Governo da Huíla ao contributo que a instituição tem dado para a preparação técnico-profissional de jovens, reintegração social de antigos combates e veteranos da pátria, promoção de auto-emprego e redução da delinquência juvenil.
O director do centro, Francisco Polo, que manifestou gratidão pelo gesto do governo, explicou que o novo edifício foi projectado para dispor de mais dez salas e oficinas de artes e ofícios, equipadas com as condições adequadas para a formação profissional dos jovens.
O estabelecimento de formação profissional vai ter também gabinetes administrativos, pavilhões adequados para os cursos de mecânica geral, serralharia, reparação de computadores, decoração, informática e campo polivalente, com vista a incentivar a prática do desporto.
Francisco Polo referiu que, neste momento, a direcção do centro trabalha para a melhoria dos aspectos pedagógicos e adequá-los às exigências do Instituto Nacional de Formação Profissional (INAFOP), instituição do Ministério da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social.
O Jornal de Angola apurou que existe também a possibilidade dos quadros do centro, sobretudo os professores, passarem a beneficiar de salários a partir do sistema da função pública.
O director explicou que actualmente os instrutores do centro “Estrela da Huíla” são colaboradores e recebem subsídios pelo trabalho, o que tem criado dificuldades na manutenção do corpo docente. Disse que a organização tem parceria com várias instituições na Alemanha, Suíça e Portugal, com as quais desenvolve uma série de programas, como foi o curso recente de formação sobre higiene e segurança alimentar, ministrado por especialistas suíços.
Na referida formação participaram 60 pessoas, entre professores e alunos dos cursos de pastelaria e culinária, com o objectivo de aplicar os conhecimentos no dia-a-dia e garantir sucesso dos negócios e saúde dos clientes.
O centro de formação profissional “Estrela da Huíla”, criado em 1991, é uma instituição sem fins lucrativos, que ministra cursos de informática, secretariado, inglês, administração, contabilidade, serralharia, reparação de computadores, dança. Tem representação nos municípios da Humpata, Caconda, Chibia, Quipungo e Caluquembe.

Tempo

Multimédia