Províncias

Novo hospital abre no início do próximo ano

Arão Martins| Lubango

Um novo hospital, construído na centralidade da Eywa, arredores da cidade do Lubango, vai ser aberto ao público no início do próximo ano, anunciou na sexta-feira o director provincial da Saúde daprovíncia da Huíla.

Futura unidade sanitária está a ser erguida na centralidade da Eywa com fundos do Programa Integrado de Desenvolvimento Rural e de Combate à Pobreza da Administração do Lubango
Fotografia: Arimateia Baptista|Lubango

Altino Matas disse que a unidade sanitária, a ser construída com fundos do Programa Integrado de Desenvolvimento Rural e de Combate à Pobreza e da Administração Municipal do Lubango, está a ser erguida numa área de 677,00 metros quadrados.
O hospital, que começou a ser construído em Julho, vai ter capacidade para internar 30 doentes, duas enfermarias, consultório médico, laboratório de análises clínicas, salas de partos e de curativos.
Orçado em cerca de 45 milhões de kwanzas, vai ainda prestar serviços de Programa Alargado de Vacinação (PAV), farmácia, fisioterapia e pediatria, entre outros.
O director provincial da Saúde da Huíla, Altino Matias, salientou, durante uma visita do governador João Marcelino Tyipinge, a importância de que se reveste a construção deste hospital, uma vez que vai ajudar a melhorar o atendimento da população da centralidade de Eywa, Mutchilengue, Tchioco e de outros bairros.
Na centralidade da Eywa, também vai ser instalada uma nova rede sanitária, que inclui um hospital pediátrico, maternidade e psiquiatria, no âmbito do Programa de Investimentos Públicos (PIP).
As três unidades vão possuir 667 camas para internamento, sendo 252 a nível da pediatria, 365 na maternidade e 60 na psiquiatria.O director provincial esclareceu que estas unidades sanitárias vão ainda dispor de áreas de acesso e parques de estacionamento. Altino Matias garantiu que elas vão proporcionar serviços de saúde modernos e assistência médica e medicamentosa de qualidade, e sublinhou que correspondem aos objectivos do programa do Governo de dar respostas aos anseios da população.
 O Executivo e o Governo Provincial, acrescentou, estão a empregar somas avultadas em projectos ligados à construção e reabilitação de hospitais, de modo a proporcionar melhor qualidade de vida às populações.

Tempo

Multimédia