Províncias

Novo sistema de drenagem na zona oeste

Arão Martins | Lubango

A conservação do tapete asfáltico da cidade do Lubango passa a ter mais tempo de durabilidade, com a colocação do novo sistema de drenagem de águas pluviais, assegurou sexta-feira o director provincial das Obras Públicas.

A colocação do sistema de drenagem vai permitir escoar de forma segura as águas pluviais que provocam muitos estragos no tapete asfáltico e passeios
Fotografia: Arão Martins |

 Rosário Ima Panzo disse que a colocação do sistema de drenagem abrangeu o perímetro do kartódromo da Nossa Senhora do Monte e da estrada que liga a parte oeste da cidade do Lubango, passando pelo Cine Arco-íris até à sede do Governo Provincial.
As obras, esclareceu o director provincial, fazem parte do programa de requalificação da pista da Nossa Senhora do Monte, Parque de Lazer 14 de Abril, junto à rotunda da estrada que dá acesso à fábrica N´gola, Rotunda do Arco-íris e a abertura da via de acesso ao Bairro da Laje.
A colocação do sistema de drenagem vai permitir escoar de forma segura as águas pluviais que provocam muitos estragos no tapete asfáltico e nos passeios, inviabilizando o trânsito fluido de viaturas e de pessoas de forma cómoda e segura.
Os trabalhos estão a ser suportados com fundos do Programa de Investimentos Públicos (PIP), do Governo provincial da Huíla, referiu Ima Panzo.
 Margarida Henriques, directora de obra da empresa executora, informou que os trabalhos começaram em Outubro e terminam na primeira quinzena de Junho deste ano.
Esclareceu que os trabalhos estão inseridos nas acções de requalificação urbana, com incidências nas infra-estruturas de águas pluviais, com colectores centrais e tubagem de drenagem com um diâmetro que vai de 250 a mil milímetros. A referida obra, acrescentou, abrange ainda os arranjos das linhas de água, mobiliário urbano, acabamentos e trabalho de embelezamento paisagístico. É ainda aplicada uma nova camada de asfalto.
Margarida Henriques explicou que antes era inexistente a linha de escoamento das águas pluviais na Rotunda do Arco-íris. Com o trabalho de profundidade feito tem havido uma repercussão positiva na circulação de forma fluida de viaturas.
A responsável da obra esclareceu que foi aplicada uma grelha da recolha das águas, conjuntamente com o colector principal que permite desaguar no rio Mucufi, a partir da Rua Hoji ya Henda.
“Antigamente o pavimento ficava danificado constantemente, por causas das águas das chuvas, mas com a nova obra feita por orientação do Governo Provincial da Huíla, o problema fica definitivamente resolvido”, assegurou a engenheira de obras.

Tempo

Multimédia