Províncias

Novos casos de cólera registados no Lubango

João Katombela | Lubango

O Centro de Tratamento Provincial de Cólera na cidade do Lubango registou, de 27 de Fevereiro a 9 de Março, seis casos de cólera, nos municípios da Chibia e Gambos.

População é aconselhada a procurar as unidades sanitárias logo após os primeiros sintomas da doença
Fotografia: Jornal de Angola

O Centro de Tratamento Provincial de Cólera na cidade do Lubango registou, de 27 de Fevereiro a 9 de Março, seis casos de cólera, nos municípios da Chibia e Gambos.
A informação foi prestada ao Jornal de Angola pelo chefe do Centro Provincial de Tratamento de Cólera, que se manifestou preocupado com o surgimento destes casos em tão pouco tempo.
Domingos Kanepa disse que os pacientes que deram entrada no Centro de Tratamento de Cólera tiveram o seu contágio na província de Luanda.
“A partir do dia 27 de Fevereiro deram entrada neste centro seis pacientes com cólera, dos quais quatro vieram do município da Chibia e dois dos Gambos. Podemos atribuir a origem da doença à província de Luanda, porque os pacientes trabalhavam na capital do país, onde foram infectados” afirmou Domingos Kanepa. Os seis pacientes que deram entrada naquele centro de tratamento, quatro são membros da mesma família, foram assistidos e já tiveram alta. Apenas um continua a receber assistência, mas o seu estado não inspira cuidados.

Medidas de prevenção


Os casos provenientes do município da Chibia demonstram a existência da doença na região, mas salientou que o Centro Provincial de Tratamento de Cólera da cidade do Lubango está preparado para dar resposta à situação.
Domingos Kanepa apela à população da região para a observância das medidas de higiene, a fim de evitar a propagação da doença, como a lavagem das mãos antes e depois das refeições e após a utilização da casa de banho. “É importante que as pessoas cozinhem bem os alimentos e ingiram apenas água desinfectada”, sublinhou Domingos Kanepa.

Tempo

Multimédia