Províncias

Novos estabelecimentos em funcionamento

André Amaro| Lubango

A entrada em funcionamento de 30 salas, no próximo ano lectivo, no município de Caconda, vai permitir a inserção mais de 2.000 crianças no sistema de ensino.

A entrada em funcionamento de 30 salas, no próximo ano lectivo, no município de Caconda, vai permitir a inserção mais de 2.000 crianças no sistema de ensino.
O facto foi anunciado pelo administrador municipal de Caconda, Adão César, no final da visita que efectuou às obras de construção de uma escola de 20 salas, no quadro do Programa de Investimento Público (PIP).
O administrador informou que está em construção uma escola de 20 salas de aulas, para o primeiro ciclo, na sede municipal de Cacanda, cujas obras ficam concluídas na primeira quinzena do mês de Setembro.Adão César disse que a obra de construção desta escola está orçada em 249 milhões de kwanzas, financiados pelo Programa de Investimentos Público (PIP) do Governo Provincial da Huíla.
A nova escola está a ser implantada numa área de 4.000 metros quadrados e contempla, além das 20 salas, área administrativa, anfiteatro, campo polivalente e espaços verdes.
O administrar de Caconda salientou que além desta escola, estão em construção mais oito salas de aulas em três comunas do município, enquanto outras estão a ser reabilitadas e ampliadas, no sentido de oferecer melhores condições ao processo de ensino.

Ensino superior

O Instituto Superior de Ciências da Educação do Lubango (ISCED) abriu as especialidades de Química, Psicologia e Pedagogia, no município de Caconda.
O administrador de Caconda, Adão César, disse que a instituição começou a funcionar o ano passado, para ajudar os jovens que tinham que se deslocar à cidade do Lubango, para frequentarem o ensino superior. Actualmente estão matriculados 150 estudantes, nas três especialidades

Tempo

Multimédia