Províncias

Programa "Água para Todos" chegou às comunas da Huíla

Arão Martins | Lubango

O número de consumidores de água potável no meio rural da Huíla subiu de 5.081, em 2008, para 6.052, em 2011 e situa-se já em 29.279, disse ontem, ao Jornal de Angola, o vice-governador para a esfera político e social.

Governo Provincial tem desenvolvido esforços para melhorar a distribuição de água
Fotografia: Arão Martins | Lubango

O número de consumidores de água potável no meio rural da Huíla subiu de 5.081, em 2008, para 6.052, em 2011 e situa-se já em 29.279, disse ontem, ao Jornal de Angola, o vice-governador para a esfera político e social.
José Nataniel, que lembrou que o programa “Água para Todos” permitiu melhorar o abastecimento nas sedes municipais e nas comunas da província, referiu terem sido construídos, nos últimos tempos, sete chafarizes, 30 pontos de água, 53 furos, 24 sistemas integrais e uma estação de captação e tratamento.  Além disso, salientou, há projectos enquadrados no mesmo programa que estão em curso, que vão beneficiar mais pessoas.
O vice-governador disse que a taxa de cobertura do programa é 52, 7 por cento e que o sector das águas registou avanços consideráveis, fruto da criação de novas captações de e de ligações domiciliárias.
No ano passado, revelou, foram criadas 959 captações de água potável contra 880 em 2008 e executados 25 projectos de âmbito provincial e oito de carácter nacional nos municípios do Lubango, Matala, Quilengues, Chicomba, Quipungo, Caluquembe, Chibia e Gambos, que beneficiaram cerca de 266.300 pessoas.

Tempo

Multimédia