Províncias

Projectos sociais na região reduzem efeitos da pobreza

André Amaro | Lubango

A execução de vários projectos de impacto socioeconómico nas quatro comunas do município da Chibia, a 45 quilómetros do Lubango, estão a reduzir os índices de pobreza.

Alunos com mais acesso ao ensino primário
Fotografia: Arimateia Baptista|Lubango

A execução de vários projectos de impacto socioeconómico nas quatro comunas do município da Chibia, a 45 quilómetros do Lubango, estão a reduzir os índices de pobreza. Os programas foram executados à luz do Programa Municipal Integrado de Desenvolvimento Rural e Combate à Pobreza e custou aos cofres da Administração Municipal da Chibia 14,521 milhões de kwanzas.
Os projectos incidiram nas áreas da Educação, Saúde, energia eléctrica, água potável, vias de acesso, saneamento básico, beneficiando, deste modo, os habitantes das comunas do Jau, Quihita, Capunda, Cavilongo e sede municipal.
A administradora municipal, Otília Noloti, disse que foram construídas várias salas de aulas na Missão Católica da Quihita, que vão proporcionar melhores condições de ensino e aprendizagem para mais de mil alunos.
Ainda na comuna da Quihita, foram instalados um sistema de produção de energia solar e de captação de água potável, que está a beneficiar centenas de habitantes. O programa permitiu ainda a reabilitação da via que liga a Missão Católica da Quihita à estrada principal, que dá acesso à sede da Chibia, facilitando a circulação de pessoas e bens.
No quadro do Programa de Combate à Pobreza, foi reabilitado, ampliado e modernizado o sistema de fornecimento de água potável, da sede municipal, para beneficiar cerca de 50 mil pessoas.
O centro recreativo e cultural da sede do município também beneficiou de obras de restauro, para poder albergar actividades socioculturais e fazer despontar novos valores, salientou a administradora. Foram adquiridos equipamentos e materiais gastáveis e meios de transporte para reforçar os serviços de fiscalização da Administração Municipal da Chibia.

Tempo

Multimédia