Províncias

Raio mata na Chibia e uma escola desabou

Um homem de 28 anos morreu após ter sido atingido por uma descarga eléctrica, no sector de Olivença, comuna de Capunda Cavilongo, município da Chibia, 45 quilómetros a sul do Lubango, província da Huíla.

Casa desabada em consequência das enxurradas que se abatem em todas as províncias
Fotografia: Jornal de Angola

Um homem de 28 anos morreu após ter sido atingido por uma descarga eléctrica, no sector de Olivença, comuna de Capunda Cavilongo, município da Chibia, 45 quilómetros a sul do Lubango, província da Huíla.
De acordo com testemunhas, houve grandes trovoadas na madrugada de segunda-feira, numa altura em que chovia intensamente. A casa da vítima foi atingida por um raio que também provocou ferimentos em mais sete familiares, que tiveram de receber assistência no hospital municipal e já estão fora de perigo.
Na mesma zona, uma criança de cinco anos e duas mulheres ficaram igualmente com ferimentos ligeiros, após terem sido arrastadas pelas enxurradas. />A chuva na Chibia causou também o desabamento de uma escola e, no momento, as autoridades locais estão a tratar da sua reabilitação, na perspectiva de voltar a receber alunos no início das aulas, previsto para Fevereiro.

Raios matam sete pessoas

Sete pessoas morreram, entre os dias 2 e 10, na aldeia da Tchicala, município do Ecunha,, vítimas de descargas eléctricas, revelou ontem,  à Angop, o soba da localidade.
Os raios e as chuvas, disse Daniel Chingula, causaram, também, a morte de 16 bovinos e destruíram 87 casas, desalojando 93 famílias, e 70 hectares de culturas de batata rena, feijão e milho.

Tempo

Multimédia