Províncias

Rede de água potável melhora na Huíla

Arão Martins | Lubango

O acesso à água potável ficou mais facilitado para cerca de quatro mil pessoas que residem nos bairros Massamba, Macoco e Zonas 2 e 3 do município do Cuvango, na província da Huíla, com a entrada em funcionamento do novo sistema de captação, tratamento e distribuição.

O novo sistema de captação e distribuição de água potável do Cuvango foi inaugurado pelo governador João Marcelino Tyipinge
Fotografia: Arão Martins | Cuvango

Inaugurado pelo governador provincial, João Marcelino Tyipinge, o sistema de captação e distribuição faz parte de um conjunto de infra-estruturas sociais, implantadas com o objectivo de diminuir de forma gradual as doenças causadas pelo consumo de água imprópria e melhorar a higiene pessoal.
O administrador do Cuvango, Miguel Luís, explicou ainda que o sistema, construído no âmbito do programa “Água para Todos”, iniciado em 2007, tem capacidade de bombear cinco mil metros cúbicos por hora e está ligado à rede geral da sede municipal.
Miguel Luís salientou que o programa “Água para Todos” tem contribuído em grande escala para que mais pessoas consigam ter acesso fácil ao produto. A partir de agora, milhares de habitantes de bairros das comunas de Vicungo e Galangue já consomem água potável.
Com o programa, esclareceu, foi possível reparar e modernizar o sistema de captação da rede de distribuição de água potável da sede do município do Cuvango, situada a 320 quilómetros a Leste da cidade do Lubango. O administrador disse que mais de dez mil pessoas que vivem na sede municipal do Cuvango consumem água potável, desde a implantação do programa.
A reparação e modernização do sistema de captação e distribuição de água permitiu que fossem feitas milhares de ligações domiciliares. Miguel Luís esclareceu que foram feitas escavações de muitos quilómetros, que permitiram a colocação de uma nova conduta, tornando o fornecimento de água potável mais eficaz e abrangente.
O programa contemplou igualmente a construção de fontanários, equipados com bombas manuais e lavandarias. O administrador municipal referiu que as comunas de Galangue e Vicungo beneficiaram da construção de chafarizes com água potável, que beneficiam igualmente as populações locais. O administrador Miguel Luís considerou que os benefícios do programa “Água para Todos” no município do Cuvango são positivos, uma vez que atingiu as aldeias mais recônditas.

Tempo

Multimédia