Províncias

Reforço do controlo da delinquência

Arão Martins | Lubango

A vice-governadora da Huíla, Maria João Chipalavela, defendeu o aumento do controlo da delinquência juvenil, nas escolas do ensino primário e secundário, durante um encontro que analisou a situação delituosa nas escolas e bairros periféricos da cidade do Lubango.

“Estamos a tomar conhecimento de algumas situações pouco agradáveis e na qualidade de responsáveis, pais, encarregados de educação e gestores escolares, temos de tomar medidas para garantir a paz nas escolas”, disse.
Maria João Chipalavela anunciou que há encontros com a Polícia Nacional, gestores de escolas, autoridades tradicionais, pais e encarregados de educação, para reforçar as acções de prevenção de actos de violência.
As direcções das escolas, encarregados de educação, professores, alunos e Polícia Nacional, devem em conjunto traçar acções que visam prevenir a delinquência. É importante saber o que devemos fazer para prevenir e criar uma relação saudável entre as crianças, adolescentes e os jovens. A realização de acções que influenciam positivamente o processo de ensino e aprendizagem é fundamental, defendeu Maria João Chipalavela.
A vice-governadora provincial para o sector Político e Social afirmou que as autoridades governamentais estão preocupadas com o crescimento saudável das crianças e a sua socialização adequada. Para isso os alunos têm que encontrar nas escolas orientação pedagógica durante o processo educativo. A abordagem do tema juntou o segundo comandante provincial da Polícia Nacional, o médico que trabalha na Escola 27 de Março, directores de escolas e assessores do governador provincial.

Tempo

Multimédia