Províncias

Reforma de cursos reactivada na Huíla

Arão Martins| Lubango

O Instituto Superior de Ciências da Educação (ISCED), na Huíla, vai  reactivar o programa de reforma dos cursos, para melhorar a qualidade e aumentar a oferta formativa, com a criação de mais cursos de licenciatura e mestrado, anunciou ontem, o director-geral da instituição.

José Alexandre disse que a medida tem como objectivo acompanhar o crescimento qualitativo e quantitativo que aquela instituição do ensino superior tem conhecido nos últimos anos.
No novo ano académico, disse José Alexandre, o Instituto Superior de Ciências da Educação na Huíla matriculou, pela primeira vez, 1.080 estudantes, num universo de 5.729 inscritos para os exames de acesso às vagas.
No cômputo geral, acrescentou José Alexandre, o ISCED-Huíla matriculou 6.696 estudantes, dos quais 1.159 frequentam aulas nos núcleos criados no município da Chibia, Matala, Caluquembe e Caconda, e 5.537 no Lubango.
José Alexandre realçou o crescimento da população estudantil do ISCED-Huíla, que conheceu um aumento de 121 estudantes em 1980, altura em que foi criado, para 6.994 no presente ano lectivo, com a introdução de novos cursos.

Tempo

Multimédia