Províncias

Registo gratuito na Huíla

Arão Martins| Lubango

Centenas de khoisan beneficiaram de registo gratuito na Província da Huíla, numa parceria entre as direcções do MINARS e da Justiça e Direitos Humanos, segundo o director do Instituto de Desenvolvimento Agrário, Nguinamau Luzayavo.

Criadas as condições para os khoisan tratarem do documentos com maior facilidade
Fotografia: www.jaimagens.com

“Todos esses cidadãos nasceram em Angola e a lei prevê que como cidadãos eles têm que ter documentos de identificação. Isso tem sido feito em todos os municípios”, disse Nguinamau.
A inserção de crianças no sistema normal de ensino é um processo normal, facto dinamizado com a construção de escolas, no quadro do Programa de Combate à Fome e à Pobreza. Os apoios prestados às famílias da tribo khoisan, na Huíla, são reforçados, neste mês, com o envio à província de instrumentos agrícolas para a segunda época da campanha. Nguina Mau Luzayavo informou que o programa de apoio contempla idosos, antigos combatentes e seus dependentes e jovens em idade de produção. A vice-governadora provincial da Huíla para o sector Político e Social, Maria João Chipalavela, afirmou que o Governo Provincial criou um programa de apoio a essas famílias de forma estruturada.
O objectivo é ter o processo de produção e inserção social das famílias bem estruturado, para que se cumpra com a abrangência do Programa de Combate à Fome e à Pobreza, aprovado pelo Executivo. Maria JoãoChipalavela assegurou que têm sido desenvolvidas acções de apoio às famílias San, que habitam nos municípios da Cacula, Quipungo, Matala, Chibia e Quipungo. A acção tem repercussão positiva na estruturação deste grupo populacional e os apoios prestados inibem a dispersão das famílias.

Tempo

Multimédia