Províncias

Saúde na Matala com mais técnicos

O município da Matala, província da Huíla, vai ter novos técnicos de saúde dentro de três anos, que estão a ser formados na escola localizada na sede da província, de forma a atender a procura de utentes que procuram cuidados médicos.

Ao falar na segunda-feira à Angop, o administrador do hospital municipal, Marcolino Bongo, disse que a área de recursos humanos enfrenta um grande défice, não só a nível do hospital municipal, por isso, os técnicos disponíveis tem-se desdobrado de forma racional para responder à procura.
Os técnicos estão a ser formados nos cursos de Enfermagem e Radiologia e depois do fim regressam ao município. 
“Estamos agora com 35 enfermeiros, num hospital com cem camas, por isso, estamos a pensar na contratação de pelo menos 25 técnicos para o quadro de pessoal eventual”, informou. O programa de municipalização dos serviços de saúde permitiu construir e reabilitar 16 unidades sanitárias, das quais dois hospitais, três centros médicos e 11 postos de saúde, distribuídos pelos diversos sectores e comunas do município.
O município da Matala, onde estão em curso diversas acções de impacto social para melhorar o nível de vida,  possui uma população calculada em 222.­880 habitantes.

Tempo

Multimédia