Províncias

Sedes municipais com rede da Net

André Amaro | Lubango

Desde o princípio do ano, as sedes municipais da província da Huíla passaram a contar com o sistema de comunicação via Internet, através de fibra óptica, para permitir, com maior agilidade, o contacto das populações com o país e o mundo.

Governador provincial Issac dos Anjos
Fotografia: André Amaro

As sedes municipais da província da Huíla passaram a contar, desde o princípio do ano, com o sistema de comunicação via Internet, para permitir, com maior agilidade, o contacto das populações com o resto do país e o mundo, disse na cidade do Lubango o governador provincial, Isaac dos Anjos.  
O governador revelou que a província da Huíla está servida, em todas as sedes municipais, do sistema da Internet, através da fibra óptica, montada pela Angola Telecom e disse ser um instrumento de informação de alta velocidade, indispensável ao desenvolvimento de qualquer localidade.
O governante, que falava aos jovens que estão a ser formados para trabalharem nos municípios como técnicos do Instituto de Desenvolvimento Agrário, disse esperar que aprendam o suficiente para poderem, na área de informática, prestarem informações viáveis via Internet.Isaac dos Anjos pediu aos alunos para porem em prática os conhecimentos para intervirem na resolução dos problemas das populações, sobretudo no meio rural.
Edilson Pedro, que vai funcionar como técnico do Instituto de Desenvolvimento Agrário, na Matala, explica que o sistema de Internet vai permitir receber e emitir informações com maior dinâmica, reafirmando que, actualmente, a Internet não é um luxo, mas uma necessidade. Maria Lúcia, outra aluna, considerou importante a instalação da fibra óptica nas sedes municipais, porque vai acelerar o desenvolvimento local. “Nós, que servimos de ponte entre o camponês e as autoridades, temos a missão de enviar relatórios sobre os pontos positivos e negativos da produção agropecuária das comunidades rurais e, neste caso, a Internet é uma ferramenta indispensável”, referiu.
Com este veículo de comunicação será possível instalar salas de informática nas escolas municipais, conectadas ao sistema da Internet, de modo a ensinar as crianças a conviverem e manejarem este importante instrumento, disse Maria Lúcia.

Tempo

Multimédia