Províncias

Segurança Social melhora serviço

A partir de agora, os funcionários de empresas públicas e privadas do município da Matala (Huíla) podem resolver assuntos ligados às pensões e à reforma, com a inauguração do edifício dos serviços municipais do Instituto Nacional de Segurança Social (INSS). As instalações integram um centro de empreendedorismo e emprego, e uma agência do Banco de Poupança e Crédito (BPC). 

No novo edifício do Instituto Nacional de Segurança Social são traçadas as políticas para garantir melhor assistência aos pensionistas
Fotografia: Arimateia Baptista | Lubango

Funcionários de empresas públicas e privadas do município da Matala podem, a partir de agora, resolver assuntos ligados às pensões e à reforma, com a inauguração, sexta-feira, do edifício dos serviços municipais do Instituto Nacional de Segurança Social (INSS). 
As instalações, orçadas em 500 mil dólares, integram um centro de empreendedorismo e emprego e uma agência do Banco de Poupança e Crédito (BPC), e dispõem de equipamento informático e outros meios, para tornar eficiente o atendimento às empresas e trabalhadores. A estrutura possui ainda uma sala de espera, de reuniões, área de fiscalização, produção e apoio administrativo, servidores, arrecadação, casas de banho e outros serviços.
A sede da INSS na Matala tem área de formação com capacidade para nove formandos, serviços de atendimento ao público, incubadora de empresas, enquanto a agência bancária vai ter dois balcões e gabinete para o gerente.
Constam ainda do empreendimento uma rampa de acesso para pessoas portadoras de deficiência, parque de estacionamento e fontes de energia alternativa. Os serviços integrados vão empregar directamente 40 pessoas. O coordenador do plano de qualidade e sustentabilidade do Instituto Nacional de Segurança Social, Manuel Moreira, disse ontem que a construção da infra-estrutura no município persegue o objectivo traçado pelo Executivo, de aproximar os serviços básicos da população.
Segundo Manuel Moreira, o plano de extensão dos serviços contempla a construção, numa primeira fase, de oito empreendimentos do género nos municípios da Ganda, Caála, Icolo e Bengo, Andulo, Tômbwa, Dondo e Negage. A divulgação das vantagens dos serviços municipais de Segurança Social foi o objectivo principal do seminário sobre “Modelo de Combinação de Serviços Municipais”, promovido na quinta-feira, na Matala, pelo Ministério da Administração Pública, Emprego e Segurança Social (MAPESS).
O encontro contou com a participação de representantes do Conselho Nacional de Segurança Social, da Caixa de Segurança Social das Forças Armadas Angolanas, técnicos da direcção provincial, autoridades tradicionais, entidades religiosas e associações profissionais.
Os participantes abordaram temas como “Protecção Social em Angola” e “A visão geral da segurança social e a expansão dos serviços municipais”, proferidos por especialistas do Ministério da Administração Pública, Emprego e Segurança Social.

Tempo

Multimédia