Províncias

Sobe o número de mulheres alfabetizadas

Um total de 821 mulheres foram alfabetizadas, durante o ano passado, no município do Cuvango, 356 quilómetros a da cidade do Lubango, representando um aumento de 159 pessoas em relação ao período anterior.

A chefe de secção de Família e Promoção da Mulher, Flora Judite Domingos, considerou a formação como um factor primordial para o desenvolvimento das sociedades, dai que a aposta na mulher deve ser determinante e mais abrangente.
Esta responsável fez saber que, neste ano, estão matriculadas mil e 152 mulheres a nível do município, processo que é assegurado por 21 professores.
Considerou que a alfabetização de mulheres é uma forma de inseri-las na sociedade e criar oportunidades para que beneficiem das políticas traçadas pelo Governo.
Flora Domingos frisou que actualmente há muitas mulheres a exercerem funções e cargos de chefia no município, enquanto outras dirigem cooperativas agrícolas e associações religiosas. Em função disso, salienta que elas devem saber ler e escrever.
O processo de alfabetização no município do Cuvango teve início em 2008 e até agora já abrangeu mais de nove mil cidadãos, com particular realce para mulheres daquela localidade com uma população estimada 75.180 habitantes.

Tempo

Multimédia