Províncias

Surto de doença leva a antecipar vacinação do gado

Arão Martins | Quipungo

Mais de cem mil bovinos estão desde sexta-feira, no âmbito de uma campanha especial, a ser vacinados no Quipungo, leste do Lubango, contra a doença de carbúnculo e dermatite nodular.

Mais de cem mil bovinos estão desde sexta-feira, no âmbito de uma campanha especial, a ser vacinados no Quipungo, leste do Lubango, contra a doença de carbúnculo e dermatite nodular.
O director provincial da Agricultura Desenvolvimento Rural, Pescas e Ambiente disse que a campanha surgiu por se terem registado vários casos da doença de carbúnculo e dermatite nodular na região e que o município de Quipungo é o que tem o mais bovinos. No município, afirmou Lutero Campos, ninguém se esqueceu da peripneumonia contagiosa que teve de ser combatida por seis brigadas. As doenças parasitárias, referiu, também têm afectado o gado, o que levou a que o início da campanha no Quipungo fosse antecipado.
Os serviços de veterinária, declarou, estão não apenas a combater as doenças, como a explicar às pessoas como devem lidar com o gado, cumprir com os calendários de vacinação e evitar os parasitas e o contágio.
Nesta campanha, sem data marcada para terminar, trabalham no município seis brigadas móveis.
As autoridades do município de Quipungo criaram igualmente mais uma manga de vacinação.

Tempo

Multimédia