Províncias

Tchiwacusse melhora assistência à população

Domingos Mucuta | Matala

A assistência sanitária à população de Tchiwacusse, município da Matala, melhorou consideravelmente com a entrada em funcionamento do posto de saúde, o primeiro da região construído de raiz e destinado aos dois mil habitantes do sector.

A construção do centro, orçada em cerca de 14 milhões de kwanzas financiados pelo Programa Municipal Integrado de Desenvolvimento Rural e Combate à Pobreza, faz parte da estratégia de expansão da rede hospitalar ao interior do município. A infra-estrutura custou aos cofres do Estado cerca de 14 milhões de Kwanzas,
 O posto tem áreas de consultas gerais, pré-natais, sala de observação, análises clínica, vacinação, farmácia e arrecadação.
Os serviços médicos são garantidos por especialistas que realizam deslocações regulares a povoação.
O corpo clínico, constituído por quatro técnicos de saúde, está preparado para fazer face às doenças mais frequentes, diarreias agudas e paludismo.
Ao lado do posto de saúde foi instalado um sistema de captação e abastecimento de água que funciona com painéis solares e pode bombear cerca de cinco mil litros por hora.
A construção do sistema, enquadrado no mesmo programa, custou cerca de oito milhões de kwanzas.
O governador provincial inaugurou no mesmo sector uma escola de quatro salas de aulas e uma casa T4, mobilada, para os professores e enfermeiros.
 O responsável da secção de saúde no Mulondo lembrou que a comuna passa a ter quatro postos de saúde, que funcionam com nove técnicos de enfermagem.  
 João Gonçalves disse em relação ao abastecimento de medicamento não há problemas deste de 2012 e que a maior preocupação é falta da ambulância que se encontra avariada, o que obriga os doentes a recorrerem aos táxis para os transportar à sede do município.
 O governador provincial reafirmou o compromisso de melhorar e expandir as condições sociais à população.

Tempo

Multimédia