Províncias

Técnicos das Águas terminam formação

Arão Martins| Lubango

A chefe de departamento da direcção nacional do Controlo de Qualidade de Águas e Ambiente, Maria Trigo, informou segunda-feira no Lubango, durante um curso de formação, que 450 técnicos das direcções provinciais das Águas das 18 províncias do país receberam formação profissional desde Março do ano passado.

Quadros estão agora melhor preparados
Fotografia: Arão Martins| Huíla

Maria Trigo indicou que em relação às províncias da Huíla, Namibe, Cunene e Kuando-Kubango foram fornecidas ferramentas úteis para o trabalho dos técnicos, que também se tornam formadores de outros colegas. Durante cinco dias, técnicos e responsáveis do ramo a nível do sul do país reuniram-se em seminário no Lubango, para em conjunto traçarem estratégias sobre o sector das águas.
A formação visou capacitar os técnicos de ferramentas que lhes permitam prestar um serviço de qualidade nos sistemas de abastecimentos.Na formação, os técnicos abordaram, entre outros temas, o plano de controlo operacional e de monitorização de qualidade e manutenção de sistemas de água potável.
O director provincial da Energia e Águas na Huíla, Abel da Costa, afirmou que na província da Huíla foi construído um laboratório que numa primeira fase tem carácter regional sul. Assegurou que os técnicos formados vão ter como base fundamental a certificação da água que cada sistema põe à disposição das populações.

Tempo

Multimédia