Províncias

Universidades da região Sul debatem gestão bibliotecária

Domingos Calucipa| Lubango

Técnicos superiores e médios das universidades públicas e privadas da VI região académica debatem em seminário assuntos relacionados com a “Organização e gestão de bibliotecas e centros de documentação e informação”, na província da Huíla.

Introdução de novas tecnologias é benvinda
Fotografia: Domingos Macuta | Lubango

Técnicos superiores e médios das universidades públicas e privadas da VI região académica debatem em seminário assuntos relacionados com a “Organização e gestão de bibliotecas e centros de documentação e informação”, na província da Huíla.
No encontro, que decorre desde quarta-feira e até dia 13 de Junho, participam responsáveis das universidades Mandume, Agostinho Neto, Lueji Konda, José Eduardo dos Santos, Katyavala Buila e Independente de Angola. Em análise estão as metodologias modernas de gestão e organização de bibliotecas universitárias e de centros de documentação e informação, tendo em conta a nova fase de informatização das respectivas áreas de apoio académico.
O reitor da Universidade Mandume ya Ndemofayo, Abraão Mulangi, disse que as bibliotecas e centros de documentação devem desempenhar um papel importante no apoio competente científico, técnico e pedagógico, respondendo às solicitações dos utilizadores.
As bibliotecas universitárias, referiu, permitem o acesso a um conjunto de recursos disponíveis e reflectem o desenvolvimento científico, tecnológico, económico e sociocultural da comunidade onde estão inseridas as universidades.
Os técnicos da Mandume vão centrar as abordagens nas questões relacionadas com a formação profissional, com especial incidência nas áreas da organização, gestão e informação documental.
O reitor acredita que a introdução gradual das novas tecnologias de informação aplicadas às bibliotecas e centros de documentação e informação das universidades vai modernizar os serviços bibliotecários.
“É nossa intenção realizar de forma contínua outras acções de formação nesta área, pelo que lançamos o repto a todas as universidades no sentido de unirmos esforços, intelectuais e financeiros, para a concretização desse objectivo”, exortou.
O seminário aborda temas como “Constituição de Colecções documentais”, “Catalogação”, “Informática Documental”, “Análise Documental” e “Gestão de Bibliotecas e acervos de documentação”, em antecâmara à I Conferência Científica, marcada para os dias 13 a 15 de Junho.

Tempo

Multimédia