Províncias

Vacinação atinge milhares de cabeças de gado bovino

Um total de 371 mil cabeças de gado bovino foi, desde Fevereiro até à presente data, vacinado na província da Huíla, contra várias doenças, no âmbito da campanha de imunização promovida pelo departamento provincial da pecuária, informou ontem o director provincial da Agricultura e Desenvolvimento Rural.

Criadores estão a acatar os conselhos da direcção da pecuária conduzindo os animais à vacinação
Fotografia: Edições Novembro

Lutero Campos disse que os animais foram vacinados contra a dermatite nodular, carbúnculo hemático e sintomático e peripneumonia contagiosa. Adiantou que, desde a abertura da campanha, em Fevereiro, foram vacinados 31 por cento das 900 mil cabeças previstas.
O responsável referiu que foram gastas, até ao momento, a mesma quantidade de doses de vacinas, de um universo de dois milhões de unidades disponibilizadas para o sucesso da campanha que se estende nas três zonas pecuárias da província, nomeadamente, Quilengues, Lubango e Matala.
Indicou estarem actualmente criadas todas as condições logísticas para que o processo de vacinação, desenvolvido por 150 vacinadores, distribuídos em 74 brigadas, decorra sem sobressaltos.
O director mostrou-se satisfeito pela forma como a campanha está a decorrer, pois os criadores estão a acatar os conselhos da direcção da pecuária, conduzindo os animais às 480 mangas de vacinação existentes.
Lutero Campos apelou aos criadores de gado na província da Huíla para colaborarem com os técnicos, pois o Governo investiu “muito” na aquisição das vacinas para a actividade que termina em Outubro.

Tempo

Multimédia