Províncias

Igreja de São Paulo vítima de vandalismo

Estácio Camassete | Huambo

A Paróquia de São Paulo, no bairro do Benfica, no Huambo, foi alvo de vandalismo na madrugada de terça-feira, deu a conhecer o pároco da Igreja.

O padre José Maria Kavovo disse que na madrugada de terça-feira, deparou-se com a violação das portas que dão acesso aos compartimentos. Os meliantes profanaram o sacrário que conserva as espécies consagradas, tendo os mesmos roubado outros bens da Igreja.
Em 2006, segundo o padre José Maria Kavovo, a Igreja Católica de São Paulo, no Huambo, já tinha sofrido acção idêntica, sem que os seus autores tivessem sido encontrados. Sem estabelecer qualquer paralelismo com o vandalismo ocorrido há uma década, o pároco da Igreja de São Paulo não descarta a hipótese de que o acto tenha sido protagonizado por pessoas ligadas a seitas religiosas.    
“É um acto hediondo. O templo divino foi profanado. Vasculharam todas as gavetas e não pouparam o sacrário. Pedimos às autoridades empenho e dedicação para o esclarecimento dos factos. É reprovável quando estas acções acontecem na casa de Deus”, disse. Os meliantes subtraíram ainda aparelhos de som.

Tempo

Multimédia