Províncias

Inauguradas áreas de lazer na região da Chimalavela

As áreas de lazer para turistas do parque da Chimalavela, a 25 quilómetros do município da Baia Farta, província de Benguela, foram inauguradas neste fim-de-semana, em acto orientado pelo chefe de departamento provincial da Hotelaria e Turismo, Timóteo Gonçalves.

Sector turístico promove acções para mostrar as potencialidades do país
Fotografia: JA

As áreas de lazer para turistas do parque da Chimalavela, a 25 quilómetros do município da Baia Farta, província de Benguela, foram inauguradas neste fim-de-semana, em acto orientado pelo chefe de departamento provincial da Hotelaria e Turismo, Timóteo Gonçalves.
A Angop apurou que as áreas de lazer do parque comportam um bar e um jango com vista a proporcionar uma visita diferente aos turistas que vão poder apreciar vários tipos de animais ali existentes.
O chefe da brigada do Instituto de Desenvolvimento Florestal (IDF), Cipriano Avelino, disse que a quantidade de animais está a aumentar devido à nova política de gestão e preservação do parque.
A construção das infra-estruturas no local foi um acordo do IDF com a Imogestin, sociedade anomia.
A fauna do Parque Regional da Chimalavela, a 20 quilómetros sudeste da cidade de Benguela, tem incidência na reserva de cabra de leque, macaco da savana, chacal e  zebras, enquanto a sua flora é dominada por estepe sub-litoral, com algumas espécies de acácias.
O parque, principal reserva natural da província de Benguela, com uma superfície de 150 quilómetros quadrados e uma altitude que vai dos 0 aos 265 metros, foi estabelecida como Reserva Especial a 5 de Junho de 1971 e classificada como Parque Natural Regional desde 15 de Abril de 1974. Compreende uma planície elevada rodeada por montanhas, com uma temperatura média anual de 23,5 °C e humidade de 77%.
A província de Benguela conta ainda com a Reserva Parcial do Búfalo, cujo nome se deve ao búfalo preto, e foi criada em 1974. Tem 400 quilómetros quadrados de superfície e possui fauna variada.

Tempo

Multimédia