Províncias

Inaugurado centro de formação para os funcionários públicos

Um centro de formação para funcionários públicos foi inaugurado, ontem, no bairro Cambiote da cidade do Huambo, pelo vice-ministro da Administração Pública, Emprego e Segurança Social (Mapess), Sebastião Lukinda.

Muitos cidadãos fazem recurso ao ensino profissional para melhorar conhecimentos
Fotografia: Kindala Manuel

Um centro de formação para funcionários públicos foi inaugurado, ontem, no bairro Cambiote da cidade do Huambo, pelo vice-ministro da Administração Pública, Emprego e Segurança Social (Mapess), Sebastião Lukinda.
A construção e apetrechamento do centro durou três anos e custou aos cofres do Estado 85 milhões de Kwanzas. A inauguração enquadrou-se na jornada do Dia da Independência que se comemorou ontem.
No acto inaugural, o director do MAPESS no Huambo, Paixão do Amaral, revelou que tem a função de formar e qualificar funcionários públicos da província e de regiões vizinhas.
 “Com a construção do centro de formação, o governo da província do Huambo associa-se aos esforços da administração pública para garantir a actualização dos conhecimentos dos funcionários públicos e a sua promoção", continuou.
Satisfeitos com o investimento, os funcionários públicos manifestam interesse em estudar melhor as leis que regem o país e o serviço público em particular. />Para Venâncio Viana, “os antigos e novos funcionários públicos têm oportunidade de tirar dúvidas e trocar experiências, tendo em conta a dinâmica da vida”.
Com dez anos de trabalho na função pública, Venâncio Viana revelou nunca ter beneficiado de um curso de formação, considerando que o centro abre portas para a sua melhoria profissional.
Francisco Mendes, funcionário do MAPESS desde 1998, o centro de formação vai ajudar os técnicos na superação profissional e no domínio da legislação da administração pública.
Qualificar os agentes administrativos é garantir o domínio e maior divulgação da lei.
No centro estão expostos vários documentos, decretos, pauta deontológica da administração pública que podem ser consultados pelas pessoas interessadas.
O empreendimento é composto por seis salas de aulas, uma de informática, gabinete dos formadores, área administrativa, dois dormitórios, sala de conferências, biblioteca, sala de estar, um refeitório e uma reprografia.

Tempo

Multimédia