Províncias

Instalações do ISCED são ampliadas em breve

António Capitão | Uíge

O Instituto Superior de Ciências da Educação (ISCED) do Uíge beneficia, nos próximos tempos, de obras de reabilitação e ampliação, anunciou na sexta-feira o vice-governador provincial para o sector económico.

Estudantes apresentam deficiências
Fotografia: Filipe Botelho | Uíge

Carlos Samba disse na cerimónia oficial do início do ano lectivo que a ampliação põe fim à superlotação de estudantes nas 21 salas de aula.
O vice-governador destacou a importância do ISCED na formação de professores para a província, recomendando por isso uma cuidadosa selecção dos candidatos ao ensino.
A este propósito, o director-geral da instituição, Domingos Kimpolo Zau, denunciou irregularidades na selecção e admissão de estudantes, sublinhando que foram detectados casos de adulteração de notas de alguns candidatos por parte de membros das comissões encarregadas do processo.
Domingos Kimpolo Zau criticou a falta de preparação de muitos estudantes provenientes das escolas do segundo ciclo do ensino secundário que concorreram a 920 vagas, para as quais inscreveram 6.207 candidatos e apenas 5.765 compareceram aos exames de aptidão. Deste número, apenas 450 candidatos obtiveram notas positivas que os habilitaram a frequentar o ensino superior.
Domingos Kimpolo Zau apontou várias deficiências nas escolas do segundo ciclo do ensino secundário do Uíge, de onde os aspirantes ao ensino superior são provenientes.O ISCED do Uíge tem capacidade para matricular 9.302 estudantes em 15 cursos superiores.

Tempo

Multimédia