Províncias

Instituto da criança oferece livros às escolas

Manuel Pascoal | Menongue

 
 A direcção provincial do Kuando-Kubango do Instituto Nacional da Criança (INAC), ofereceu, sexta-feira, em Menongue, 320 livros infantis à escola primária do bairro Samkapoko, localizado a nove quilómetros da sede capital, no quadro das actividades sobre os direitos das crianças. 

 
 A direcção provincial do Kuando-Kubango do Instituto Nacional da Criança (INAC), ofereceu, sexta-feira, em Menongue, 320 livros infantis à escola primária do bairro Samkapoko, localizado a nove quilómetros da sede capital, no quadro das actividades sobre os direitos das crianças. 
Na oportunidade, o director provincial em exercício do Instituto Nacional da Criança, Fernando Domingos, disse que a entrega dos livros visa dar resposta aos 11 compromissos da criança, que incluem o direito a uma educação condigna.
Fernando Domingos disse que é necessária uma maior participação dos professores e encarregados de educação, para incentivarem os alunos a lerem regularmente, com vista a melhorarem o seu desenvolvimento e a sua capacidade mental.  
O director da escola do Samkapoko, Alberto Francisco Filai, disse que os livros entregues vão diminuir alguns problemas que a instituição que dirige enfrenta, com realce para a falta de materiais didácticos.
Alberto Francisco está preocupado com a fraca presença dos alunos nas salas de aulas, por causa dos pais que obrigam os filhos a irem às lavras ou alevar o gado ao pasto.
A escola do Samkapoko tem duas salas de aulas e lecciona da iniciação à sexta classe. Para este ano lectivo estão matriculados 430 alunos.

Tempo

Multimédia