Províncias

Instituto lança técnicos no mercado

Carlos Bastos | Sumbe

O Instituto Superior Politécnico da província do Cuanza Sul lançou no mercado 317 técnicos superiores desde 2008, informou na cidade do Sumbe o director-geral da instituição académica.

Neste ano lectivo foram matriculados centenas de novos estudantes no Instituto Politécnico
Fotografia: Jornal de Angola

Manuel Octávio Spínola disse que os técnicos lançados no mercado estão formados em Agronomia, Zootecnia, Gestão Agrária, Contabilidade e Gestão e Enfermagem.
A instituição tem dez salas de aulas, seis laboratórios, 83 professores e este ano lectivo matriculou 1.039 estudantes.
O director-geral do Instituto Superior Politécnico do Cuanza Sul informou que a aulas recentemente iniciadas na academia se revestem de importância capital, na vertente da criação, transmissão e difusão da cultura, ciência e tecnologia. “O ensino sempre foi uma actividade presente no nosso instituto, desde a sua criação, uma vez que é uma exigência do mundo contemporâneo e condição de cidadania”, disse para salientar que a sua vinculação com a pesquisa é obrigatória.
Octávio Spínola referiu que a evolução do Instituto Superior Politécnico do Cuanza Sul exige esquemas de análise crítica do seu desempenho, numa perspectiva de auto-conhecimento e auto-regulação, no sentido da mudança e do aperfeiçoamento, consubstanciado no exercício de prestação de contas aos órgãos colegiais, principalmente à comunidade académica.
Sublinhou que a Universidade e a sociedade são pilares que sustentam a formação de um profissional qualificado, que atenda às exigências do mercado de trabalho.

Tempo

Multimédia