Províncias

Instituto Nacional de Petróleos forma dezenas de especialistas

Pelo menos 249 técnicos terminaram a sua formação no Instituto Nacional de Petróleos em 2009, na província do Kwanza-Sul, informou ontem, na cidade do Sumbe, o director da instituição, Domingos Francisco.

Pelo menos 249 técnicos terminaram a sua formação no Instituto Nacional de Petróleos em 2009, na província do Kwanza-Sul, informou ontem, na cidade do Sumbe, o director da instituição, Domingos Francisco.
Em declarações à Angop, o responsável informou que os estudantes se especializaram nas áreas de geologia e minas, manutenção industrial e perfuração.
Domingos Francisco manifestou a sua satisfação pelo aproveitamento escolar registado no período em referência e acrescentou que a adopção de novas formas e metodologias, bem como o apetrechamento de laboratórios para aulas práticas, visando a melhoria do ensino e aprendizagem, permitiu que os resultados fossem positivos.
Este ano lectivo o INP vai matricular 560 alunos.
Desde a sua criação, em 1983, o INP já formou mais de três mil técnicos nas áreas de geologia, minas, perfuração, electricidade, manutenção industrial e refrigeração.

Tempo

Multimédia