Províncias

Inundações dificultam vacinação

Domingos Calucipa | Ondjiva

Muitas crianças do meio rural podem ficar sem as vacinas contra a pólio, o sarampo e a rubéola, devido às inundações causadas pelas últimas chuvas que se abateram sobre os municípios do Cunhama, Curoca, Cuvelai e Ombadja, na província do Cunene.

Crianças estão a ser vacinadas em todos país
Fotografia: Paulo Mulaza | Edições Novembro

Segundo o chefe de Departamento de Saúde Pública e Controlo de Endemias da Direcção Provincial de Saúde, Félix Belarmino Satyohamba, as cheias estão a ser um verdadeiro obstáculo à movimentação das viaturas que apoiam as equipas de vacinação em diferentes zonas.
O responsável citou como áreas de difícil acesso as comunas de Ombala Yo Mungo,  município de Ombadja, Calonga, Mupa e Cubaty (Cuvelai), Oncocua (Curoca) e Môngua, Evale, arredores de Ondjiva (Cuanhama).
Dados provisórios , indicam que foram vacinadas 69.630 crianças contra a poliomielite e 170.321 contra o sarampo e rubéola.

Tempo

Multimédia