Províncias

Isaac dos Anjos na Humpata para inaugurar obras sociais

Domingos Mucuta | Lubango

Uma escola primária, casa para enfermeiros e campo desportivo polivalente foram erguidos de raiz e entregues ontem à população do município da Humpata, no quadro do Programa de Intervenção Municipal (PIM).

O governador provincial da Huíla inaugurou ontem, na Humpata, uma escola primária, casa para enfermeiros e um campo desportivo polivalente
Fotografia: Domingos Mucuta

Uma escola primária, casa para enfermeiros e campo desportivo polivalente foram erguidos de raiz e entregues ontem à população do município da Humpata, no quadro do Programa de Intervenção Municipal (PIM).
Os empreendimentos, orçados em 55 milhões de kwanzas, foram inaugurados pelo governador da província da Huíla, Isaac dos Anjos. A jornada de inaugurações começou na localidade da Jamba onde os alunos receberam a escola primária. Orçada em 25 milhões de kwanzas, a escola tem três salas de aulas com capacidade para 35 alunos cada, gabinetes para directores e corpo docente, secretaria e casas de banho. A escola vai absorver este ano lectivo mais de 300 alunos em três turnos.
Ao lado da escola foi construída uma casa para os professores. A casa tem três quartos, sala comum, cozinha e casa de banho, apetrechados com mobiliário.
O governador entregou também casas gémeas aos enfermeiros, com dois quartos, cozinha, sala, casa de banho e varanda. Os compartimentos estão mobilados. Também possuem energia eléctrica e sistema de abastecimento de água potável.
Nicolau Mbendegue, responsável de enfermagem do centro de saúde municipal, afirmou que as novas infra-estruturas vão concorrer para melhor prestação de serviços porque “é a materialização de um sonho do corpo clínico que há muito se debate com a falta de condições de acomodação”. Os amantes do desporto dispõem de um recinto para a prática de diferentes modalidades, pois receberam um campo polivalente construído pela empresa Kinvest com balneários e bancadas. Modalidades como futebol de salão, basquetebol, andebol e ginástica começaram a ser praticadas pelos jovens.
O governador reconheceu que as obras registram um atraso porque os empreendimentos inaugurados resultam da do programa de Programa de Intervenção Municipal de 2008, mas, disse, “vamos aumentar o número de salas para inserir mais alunos”.

Tempo

Multimédia