Províncias

Jovens no Uíge apostam na formação profissional

Valter Gomes | Uíge

Líderes das associações juvenis, cívicas, religiosas e representantes da sociedade civil na província do Uíge defendem a criação de mais centros de formação profissional, fomento do auto-emprego, apoio ao empresariado local, acesso fácil à habitação e aos créditos bancários, bem como infra-estruturas desportivas.

Jovens no Uíge apostam na formação profissional
Fotografia: Filipe Botelho | Edições Novembro

As preocupações foram apresentadas na semana finda, durante o encontro com o governador Pinda Simão, onde foram também avançadas ideias, sugestões e propostas que podem contribuir para o desenvolvimento harmonioso da província.
Durante o encontro de auscultação e concertação social da juventude, promovido pelo Governo Provincial, da Associação dos Estudantes da Universidade Kimpa Vita veio a preocupação da degradação da estrada que liga o centro da cidade ao campus universitário, falta de iluminação pública no mesmo troço e de meios de transporte para os estudantes, bem como de bibliotecas e mediatecas que possam facilitar a investigação de temas científicos.
“A população universitária da província cresceu e, actualmente, está em mais de 21 mil estudantes, acomodados no Isced e na Universidade Kimpa Vita e, a cada ano que passa, as salas tornam-se insuficientes. Queremos que o Governo crie pólos universitários nos municípios, para o ingresso dos jovens que terminam o ensino médio”, disse Silas Augusto, um dos membros da associação dos estudantes.
O responsável do movimento Viva Arte na província do Uíge, Vrack Chaquiri, defendeu a necessidade de apoiar-se os artistas plásticos, escritores e músicos, bem como a criação de incentivos para produção literária, conclusão da mediateca e da casa da juventude.
Vrack Chaquiri defende igualmente a criação de salas para teatro e dança, com vista a contribuir para o resgate dos valores morais e culturais da região.
A melhoria das ruas no interior de alguns bairros da sede da província, a criação de políticas que facilitem o acesso da juventude nos programas do Governo, o apoio às acções e projectos da juventude que pretende investir no sector turístico foram igualmente preocupações apresentadas.
O governador Pinda Simão garantiu que o Governo continua a traçar políticas que visam dar solução imediata e paulatina aos problemas que afligem a juventude. No presente ano, acrescentou, o Governo concebeu um conjunto de acções que estão a ser desenvolvidas para atender algumas necessidades dos jovens e da população em geral.
Pinda Simão disse que está em curso a requalificação dos jardins e espaços verdes da cidade do Uíge, construção de quadras desportivas, que contarão com pontos de acesso à Internet, ampliação da rede escolar e diversificação da oferta formativa, com a introdução de novos cursos.
Incentivar o investimento privado, para a criação de mais postos de trabalho, bem como encetar contactos com o Executivo central para a conclusão da mediateca e da casa da juventude, obras paralisadas há longos anos por falta de recursos, são acções anunciadas também pelo governador Pinda Simão.
“A satisfação dos anseios dos jovens está no centro das atenções do Governo, estamos empenhados na busca de soluções para facilitar e ampliar o acesso dos jovens à educação, profissionalização, emprego e habitação, melhoria dos transportes, criação de espaços de lazer, bem como incentivar e apoiar as iniciativas do empreendedorismo e a prática do desporto na província”, disse o governador do Uíge.
Pinda Simão avançou que, apesar das dificuldades que o país enfrenta, o Governo local está empenhado na conclusão de algumas obras paralisadas e em construir outras de raiz, que, nos próximos dias, vão oferecer maior dignidade à juventude e à população em geral.
Lembrou que a conjuntura económica não permite fazer tudo ao mesmo tempo, mas garante que, paulatinamente, o Governo Provincial vai dando passos de acordo com as prioridades. O governador do Uíge pediu colaboração e participação de todos nos programas que visam o bem-estar da população.
Encorajou os jovens a continuarem a apresentar iniciativas, projectos e ideias construtivas, que visam ajudar no desenvolvimento harmonioso da província e assegurou que as portas do Governo estão abertas para receber, avaliar e apoiar as iniciativas e projectos dos que pretendem investir para o desenvolvimento da região e bem-estar social da população.

Tempo

Multimédia