Províncias

Jovens do Huambo melhor preparados

Tatiana Marta | Huambo

Um total de 537 jovens receberam ontem os certificados de final de curso nas especialidades de informática, gestão administrativa, electricidade, electrónica, alvenaria, canalização mecânica e serralharia, ministradas no Centro de Formação Profissional Fadário Muteka no Huambo.

O director do centro, Adriano Chimbande Sawanga, disse que o ciclo formativo teve a duração de seis meses e foi ministrado por especialistas nacionais. “O centro continua a cumprir  a  missão de formar quadros qualificados e tecnicamente capacitados para assegurarem o desenvolvimento do país”.
O Centro de Formação Profissional Fadário Muteka, apesar de não fazer o acompanhamento da inserção dos formados no mercado de trabalho, tem recebido algumas solicitações de propostas de trabalho, principalmente de empresas de construção civil.
A directora provincial do Instituto Nacional de Formação Profissional (INEFOP), Domingas Mundombe, reconheceu o empenho dos formadores de todos os centros e com destaque para o Centro de Formação Profissional Fadário Muteka, que tem garantido de forma contínua a especialização e capacitação de jovens nas distintas especialidades.
“O país só cresce com homens formados profissionalmente em várias especialidades. Hoje estão dotados de conhecimentos e ferramentas suficientes para se lançarem no mercado de trabalho”, afirmou o responsável.

Tempo

Multimédia