Províncias

Jovens no Lucala precisam de centro técnico-profissional

A juventude do município de Lucala, a 38 quilómetros a leste de Ndalatando, capital do Cuanza Norte, solicitou sábado, naquela municipalidade, ao governo da província, a criação de um centro de formação profissional, para a capacitação dos jovens locais.

Os jovens apresentaram tal preocupação no encontro que o governador da província, José Maria dos Santos, manteve com os mesmos para auscultar as suas preocupações.
Numa mensagem do Conselho Municipal da Juventude, apresentada na ocasião, os jovens destacam que a criação de uma instituição do género vai permitir a capacitação e a ocupação dos mesmos, bem como combater o desemprego e a pobreza no seio dos jovens.
A falta de uma biblioteca para investigação de assuntos académicos e científicos, bem como espaços para o desenvolvimento das artes culturais, como teatro, dança, música poesia e outras, constituem outras das inquietações dos jovens do Lucala.
Os participantes solicitaram igualmente melhor inserção, abertura e transparência nos concursos públicos de admissão à função pública, para maior inclusão dos jovens locais, assim como uma quadra polidesportiva para a prática do desporto e financiamentos para o fomento do empreendedorismo juvenil. Referiram que, apesar da crise económica que aflige o país, manifestam o seu inteiro agrado pelos esforços empreendidos pelo governo, na construção de infra-estruturas.

Tempo

Multimédia