Províncias

Kits para assistência a partos dados a parteiras tradicionais

Parteiras tradicionais do município do Caimbambo, 116 quilómetros da cidade de Benguela, receberam, na segunda-feira, da Direcção Provincial da Família, Promoção da Mulher, Assistência e Reinserção Social, kits de material para assistência a partos.

Parteiras tradicionais do município do Caimbambo, 116 quilómetros da cidade de Benguela, receberam, na segunda-feira, da Direcção Provincial da Família, Promoção da Mulher, Assistência e Reinserção Social, kits de material para assistência a partos.
 A directora provincial da Família, Promoção da Mulher, Assistência e Reinserção Social, Maria Idalina Carlos, que procedeu à entrega dos kits, disse que o material visa melhorar as condições de trabalho das parteiras tradicionais no meio rural.
 Idalina Carlos apelou às autoridades sanitárias do município que acompanhem os serviços das parteiras tradicionais.
 A distribuição dos kits foi antecedida da colocação da primeira pedra e do acto de consignação da obra de construção do centro social integrado, orçado em 13,5 milhões kwanzas, acções que se enquadram na jornada do Dia da Mulher Rural, que se assinalou em 15 de Outubro.
Um grupo de 26 mulheres terminou, na segunda-feira, na comuna do Úcua, município do Dande, província do Bengo, um curso de formação, treino e reciclagem de parteiras tradicionais, no quadro do encerramento da jornada da mulher rural.
 No seminário, que durou oito dias, promovido pelo comité nacional para promoção da mulher rural, as participantes aperfeiçoaram os conhecimentos sobre as consultas pré natais, vacinação da mãe e da criança, aleitamento materno e alimentação. 
 O aborto, as doenças transmissíveis sexualmente, entre as quais oVIH/Sida, os cuidados a ter durante o parto e a prestação de serviços primários nas comunidades foram outras matérias que as parteiras tradicionais abordaram no encontro.
 O secretário-geral do comité nacional da mulher rural, António João, destacou a importância da acção formativa de parteiras tradicionais junto das comunidades.

Tempo

Multimédia