Províncias

Absentismo em Menongue

Lourenço Bule | Menongue

A Escola Superior Politécnica de Menongue, no Cuando Cubango, está a registar um elevado nível de absentismo de estudantes, desde a abertura do ano académico na instituição, a 11 de Março último, lamentou o director adjunto para a área académica.

Inácio José Samba referiu que a instituição deu início às aulas uns dias mais tarde que o previsto, mas salienta que esta situação não justifica a ausência de boa parte dos alunos nas salas de aulas. Esclareceu que o atraso no arranque das aulas deveu-se, em parte, à recepção tardia dos professores estrangeiros, além da demora do processo de exame de acesso e da publicação dos resultados do exame.O director adjunto daquela escola da Universidade Mandume ya Ndemufayo, disse que, além do problema da ausência dos alunos, a escola está a enfrentar problemas ligados à falta de um gerador eléctrico, para servir de alternativa à rede geral, numa altura em que esta regista falhas constantes. “Isto está a contribuir para a má qualidade do sinal de Internet e a dificultar os trabalhos administrativos”, refere.
Apesar disso, o académico salientou que os trabalhos na instituição deviam arrancar igualmente com os 800 novos alunos admitidos nos testes de ingresso em que participaram 2.250 candidatos. Inácio José Samba explicou que, com a entrada dos “caloiros”, a Escola Superior Politécnica passa a ter agora 2.107 estudantes do primeiro ao quinto ano, que frequentam as licenciaturas em Biologia, Informática de Gestão Empresarial, Enfermagem, Matemática, Gestão de Turismo, Agronomia e Medicina, estes dois últimos introduzidos este ano.
Os candidatos inscritos para os habituais exames de acesso, no presente ano lectivo, 70 por cento tiveram preferência pelos cursos de Biologia, Informática de Gestão Empresarial, Enfermagem e Medicina.
Actualmente, a direcção da escola está a trabalhar junto do Ministério do Ensino Superior para a contratação de mais 35 novos professores, para o preenchimento de vagas, sobretudo nos cursos de Medicina e de Agronomia, a serem ministrados pela primeira vez na instituição.
Inácio José Samba anunciou que a instituição vai organizar, no decurso deste ano, a cerimónia de lançamento de 80 novos licenciados nos cursos de Biologia, Informática e Matemática.
Além dos referidos quadros, a Escola Superior Politécnica de Menongue vai proceder ainda, ao longo deste ano, a outorga de diplomas aos primeiros 14 finalistas de Biologia do último ano académico.  O ensino universitário na província do Cuando Cubango conta com uma nova comissão de gestão, apresentada ao governo, no dia 18 de Fevereiro, que a partir desta data começou a trabalhar.

Tempo

Multimédia