Províncias

Adquiridas embarcações para o transporte fluvial

Carlos Paulino | Cuangar

Pelo menos oito das 56 embarcações adquiridas pelo Ministério dos Transportes para apoiar a população do Kuando-Kubango que reside ao longo dos rios Cubango, Cuito e Cuando foram apresentadas, na sede municipal do Cuangar, ao governador da província, Eusébio de Brito Teixeira.

Mais barcos são entregues em breve
Fotografia: Carlos Paulo |Cuangar

Pelo menos oito das 56 embarcações adquiridas pelo Ministério dos Transportes para apoiar a população do Kuando-Kubango que reside ao longo dos rios Cubango, Cuito e Cuando foram apresentadas, na sede municipal do Cuangar, ao governador da província, Eusébio de Brito Teixeira.
Os barcos, com capacidade para transportar 28 pessoas e carga que varia entre uma a três toneladas, estão equipados com um sofisticado dispositivo que lhes permite medir a profundidade das águas em que estão a navegar e motores de 300 cavalos de potência capazes de atingir um a velocidade de 100 quilómetros por hora.
O director da empresa Pathfinder, Gaitan Basil, responsável pelo fabrico das embarcações, disse que brevemente vai instalar um estaleiro na sede municipal do Cuangar, para se encarregar da montagem dos 48 barcos em falta, formação técnica do pessoal e garantir a manutenção de toda a frota que está a ser entregue ao governo do Kuando-Kubango.
A sua empresa vai supervisionar o projecto durante dois anos. Com vista a garantir maior segurança da população, cada administrador municipal deve responsabilizar-se pela construção de pontes cais para o embarque e desembarque de pessoas e mercadorias.
O governador da província do Kuando-Kubango, Eusébio de Brito Teixeira, disse que nesta fase as embarcações vão operar entre os municípios do Cuangar, Calai, Dirico e a comuna do Caiundo (Menongue), localidades que actualmente oferecem melhores condições para o transporte fluvial de pessoas e mercadorias.O governador afirmou que a entrada em funcionamento das embarcações vai diminuir significativamente as dificuldades que o Governo Provincial tem estado a enfrentar para levar bens e serviços aos municípios do interior da província, sobretudo aqueles que estão na parte Leste.
Eusébio de Brito Teixeira sublinhou que dos nove municípios da província, sete estão localizados na parte Leste e Sudeste e em áreas de difícil acesso: Cuangar, Calai, Dirico, Rivungo, Cuito Cuanavale, Mavinga e Nankova, motivo pelo qual houve a necessidade de atingir estas localidades por via fluvial.

Tempo

Multimédia