Províncias

Aeroporto é inaugurado ainda este ano

Lourenço Bule | Menongue

O Presidente do Conselho de Administração da Empresa Nacional de Exploração e Navegação Aérea (ENANA), Manuel Ceita, assegurou na quarta-feira, em Menongue, que o Aeroporto Comandante Kwenha é inaugurado ainda este ano.

Aeroporto de Menongue completamente reabilitado e pronto para receber voos
Fotografia: Lourenço Bule | Menongue

Neste momento, o aeroporto está equipado com uma torre de controlo equipada com instrumentos modernos de apoio à navegação aérea, uma pista de aterragem de 3.750 metros de comprimento e outros 45 de largura, assim como dispõe de um sistema de iluminação nocturna e uma unidade de bombeiros.
A estrutura dispõe ainda de sala de embarque e outra de desembarque para 200 passageiros cada, tapete rolante para a recepção de bagagens, uma área reservada com sete balcões de check-in, Serviço de Migração e Estrangeiros, alfândega, restaurantes, lojas e um parque de estacionamento para cem viaturas. As datas de inauguração dos aeroportos, depois de estarem concluídos, explicou Manuel Ceita, dependem do Executivo. Mas, brevemente, vão entrar em funcionamento os aeroportos do Luena e do Luau, no Moxico, para depois ser inaugurado o de Menongue.
Com estas inaugurações, o país passa a dispor de 16 aeroportos modernizados nos últimos anos. Menongue recebe, em média, sete voos diários e, para isso, a ENANA está a estudar a ampliação da placa do aeroporto local, para facilitar o parqueamento dos aviões. A empresa vai continuar a apostar na formação dos funcionários, para que possam dar resposta às grandes inovações que se têm registado no mundo da viação e melhorar cada vez mais os serviços, garantiu.
Manuel Ceita fez estas declarações no final da sua visita de 24 horas à província, durante a qual verificou a execução das obras do Aeroporto Comandante Kwenha e teve uma reuinião com os funcionários da ENANA, destinada a dinamizar os novos regulamentos e imprimir maior dinâmica à sua aplicação.
“Os equipamentos que usamos são cada vez mais sofisticados” , disse o responsáve.

Tempo

Multimédia