Províncias

Alunos estudam Nganguela nas aulas

Weza Pascoal | Menongue

Alunos da primeira e segunda classe, nos municípios do Cuchi, Cuito Cuanavale e Mavinga, frequentam aulas de Nganguela.

Centenas de alunos inseridos nos programas de aprendizagem de Nganguela
Fotografia: Dombele Bernardo

Para o efeito, decorreu no município de Menongue um seminário de capacitação sobre as línguas nacionais dirigido aos directores de escolas dos nove municípios da província do Cuando Cubango. O director provincial da Educação disse que no presente ano lectivo cerca de 990 alunos no município do Cuito Cuanavale, 709 no Cuchi e 402 em Mavinga, estão inseridos nos programas de aprendizagem da língua Nganguela e são assegurados por 48 professores.
Neste momento, acrescentou, existe material didáctico suficiente de língua Nganguela para ser distribuído em todos os municípios, no sentido de se garantir um funcionamento pleno desta disciplina no sistema de ensino na região, mas nota-se uma fraca assimilação dos alunos.
“Com o seminário realizado esperamos resolver alguns problemas que se colocam em relação à introdução das línguas nacionais nas escolas, uma vez que os directores receberam muita informação dos inspectores nacionais e foram encorajados a engajar-se mais e a acompanhar as aulas para se inverter o quadro actual”, frisou.
Ana Maria Moisés Inácio, formadora sobre os métodos de Inovação no Ensino de Leitura (IEL), solicitou aos directores das escolas no sentido de fiscalizarem com mais precisão o trabalho dos professores para que a introdução das línguas nacionais no sistema de ensino tenha o êxito desejado. “Esperamos que esta visita ajude os professores a fazerem com que seja forte o ensino das línguas nacionais nas escolas, que os directores acompanhem a formação dos alunos e trabalhem para fortificar a introdução da disciplina”, disse.
No final da acção formativa foram distribuídos 40 kits de material didáctico sobre a língua Nganguela, dos quais 30 para o município do Cuangar, seis para a escola Beneditina (Menongue) e quatro para Mavinga.

Tempo

Multimédia