Províncias

Área de enfermagem geral conta com mais licenciados

Carlos Paulino | Menongue

O Instituto Superior de Ciências de Saúde do Cuando Cubango (ISCISA-CC), afecto à Universidade Cuito Cuanavale, colocou 40 finalistas, especializados em enfermagem geral, à disposição do mercado de trabalho, no último fim-de-semana, na cidade de Menongue.

Número de licenciados continua a crescer
Fotografia: Benjamin Cândido

Em declarações ao Jornal de Angola, o decano da referida instituição académica, Daniel Pires Capingana, disse que os estudantes foram submetidos na semana passada a exames teóricos e práticos.
Daniel Pires Capingana elogiou a forma como os estudantes se prepararam os exames, o que facilitou o trabalho do júri, que não teve dificuldades durante o processo de avaliação dos finalistas.
Neste ano académico, foram submetidos a exame 49 alunos, dos quais nove reprovaram, porque não conseguiram passar o teste teórico, que dá acesso ao prático.  
O Instituto Superior de Ciências de Saúde do Cuando Cubango vai contratar alguns finalistas para leccionarem na instituição, tendo conta a carência de docentes, sobretudo de nacionalidade angolana.
O ISCISA-CC conta apenas com 21 professores, todos de nacionalidade cubana.
Neste ano lectivo, a instituição matriculou 283 alunos, do primeiro ao quinto ano no curso de enfermagem geral. Desde a sua criação, colocou no mercado de trabalho 130 licenciados, sendo 55 em 2014, 35 em 2015 e 40 neste ano.
Daniel Pires Capingana realçou a colaboração que o Instituto Superior de Ciência de Saúde tem com as unidades sanitárias sedeadas na cidade de Menongue, o que tem facilitado o estágio dos estudantes, sobretudo os finalistas.

Tempo

Multimédia