Províncias

Aumentam os casos de sida no município de Nancova

Nicolau Vasco | Nancova

O município de Nancova, na província do Cuando Cubango, está a registar, nos últimos tempos, um aumento de casos de VIH/sida, revelou terça-feira o administrador do Hospital Municipal.

Parte frontal do Hospital Municipal de Nancova onde se registaram os novos casos de sida
Fotografia: Nicolau Vasco

Ernesto Nguvulo disse que de Janeiro a Julho deste ano a instituição registou 12 novos casos positivos.O administrador hospitalar sublinhou que, apesar do número reduzido de casos, a situação é preocupante pelo facto do município ter apenas 3.500 habitantes.
Ernesto Nguvulo revelou que, de 2011 a 2014, o hospital registou 32 casos positivos de VIH/sida, na maioria em mulheres grávidas.
Apesar das campanhas de esclarecimento, acrescentou, parte da população ainda não acredita na  existência da doença.
No período em análise, o Hospital Municipal de Nancova realizou um total de 2.963 consultas, tendo detectado 1.756 casos de malária, 804 de doenças respiratórias agudas, 198 de pneumonia, 18 de febre tifóide e outras.
O município de Nancova tem um hospital público com 70 camas, construído em 2004, além de quatro postos de saúde.
Os serviços hospitalares são assegurados por 18 técnicos, com realce para três médicos cubanos, dez enfermeiros e cinco funcionários administrativos, número insuficiente para prestar uma plena assistência à população.
As carências de água potável e energia eléctrica, de viaturas para o apoio técnico e a inexistência de uma morgue, estão entre os principais constrangimentos à actividade do Hospital Municipal.

Tempo

Multimédia