Províncias

Aumentam os casos de tuberculose

Weza Pascoal| Menongue

O Hospital Sanatório de Menongue, no Cuando Cubango, registou no primeiro trimestre deste ano, 69 novos casos de tuberculose, disse ao Jornal de Angola o director da unidade sanitária.

Os municípios de Cuito Cuanavale e Menongue são os que registam mais casos da doença
Fotografia: Jornal de Angola

Alberto Funvo referiu que estes novos casos de tuberculose ascendem a 559 e todos recebem tratamento naquela unidade sanitária. Durante o ano passado foram diagnosticados 110 novos casos de tuberculose, dos quais três levaram à morte. Actualmente estão internados no Hospital Sanatório de Menongue 17 pacientes em estado crítico, os restantes recebem tratamento ambulatório.
A unidade hospitalar, com 20 camas, tem dois médicos e 40 enfermeiros.  O director do Hospital Sanatório de Menongue explicou que a tuberculose pulmonar é a mais frequente nesta região e ocorre em pessoas com idades compreendidas entre os 15 e os 45 anos. Os municípios de Menongue e Cuito Cuanavale são os mais atingidos.
A má alimentação e o consumo excessivo de bebidas alcoólicas e de drogas são os principais factores que concorrerem para a propagação da tuberculose na região.
O Hospital Sanatório tem medicamentos suficientes para atender os pacientes que diariamente ocorrem em busca de assistência médica e medicamentosa.
Os pacientes internados têm direito a três refeições diárias, à base de leite, frutas, sopa, verduras, arroz, peixe, feijão e outros alimentos ricos em proteínas.
O director do Hospital Sanatório de Menongue, Alberto Funvo, informou que, além da tuberculose foram igualmente registados 58 casos de lepra, cujos pacientes fazem as suas consultas ambulatórias, por falta de uma leprosaria na província.  Garantiu que todos os doentes são controlados e têm um acompanhamento médico.

Tempo

Multimédia