Províncias

Automobilistas e população do Cuchi são exortados a preservar as estradas

A autoridade tradicional do Cuchi, Carlos Candangandi, exortou na sexta-feira os automobilistas e a população que vive próximo das estradas recentemente inauguradas a preservá-las.

A autoridade tradicional do Cuchi, Carlos Candangandi, exortou na sexta-feira os automobilistas e a população que vive próximo das estradas recentemente inauguradas a preservá-las.
Carlos Candangandi, em declarações à Angop, no âmbito da inauguração da estrada 280, entre Menongue e Cuchi, numa extensão de 93 quilómetros, afirmou que a mesma constitui um bem necessário porque facilita a livre circulação de pessoas e bens. A autoridade tradicional fez igualmente questão de chamar a atenção para as pessoas que vivem ao longo das vias Menongue e Caiundo e do Menongue ao Rio Cuelei controlarem os animais domésticos, como o gado bovino e caprino, que atravessam as estradas ou ficam no meio delas, colocando em perigo a vida dos automobilistas.
O responsável apelou também aos taxistas e motoristas de autocarro no sentido de utilizarem racionalmente as vias, bem como reduzirem os preços das viagens, uma vez que os praticados até aqui são extremamente elevados e sem justificação. A autoridade tradicional considerou que a inauguração da estrada do Cuchi vai contribuir para o desenvolvimento da região.
Carlos Candangandi enalteceu o empenho do Presidente José Eduardo dos Santos na melhoria da condição socioeconómica das populações do município do Cuchi, que está a 93 quilómetros de distância de Menongue.

Tempo

Multimédia