Províncias

Autoridade tradicional preocupada com obras

Carlos Paulino | Menongue

A autoridade tradicional do Cuchi, Carlos Candganji, defendeu segunda-feira que o governo do Kuando-Kubango deve prestar maior atenção às empresas de construção civil, uma vez que têm estado a executar obras sem qualidade.

Várias obras estão a ser executadas para melhorar a qualidade de vida da população
Fotografia: Carlos Paulino

Carlos Candganji disse que existem muitas obras de construção que merecem a atenção do governo, como o mercado municipal, depósito de medicamentos do hospital, assim como a casa da própria autoridade tradicional.
A autoridade tradicional  salientou que algumas dessas infra-estruturas não resistem a pequenos ventos. “Quando passa uma ventania, a cobertura do tecto costuma voar”, exemplificou. A autoridade tradicional apelou, em nome da população do Cuchi, para que o governo continue a trabalhar no sentido de aumentar a oferta de serviços sociais básicos, como a construção de escolas, postos de saúde, pontes, estradas, habitação, entre outras infra-estruturas.
O rei sublinhou ainda que a municipalidade possui infra-estruturas que, mesmo na fase de construção, apresentam fissuras, entre outros defeitos. Daí que, “quando concluídas, têm pouco tempo de duração”.
Em função de tais cenários, o responsável chamou a atenção para o redobrar das acções de fiscalização no sentido de se acompanhar minuciosamente a execução das obras e serem tomadas medidas punitivas contra as empresas incumpridoras.
Carlos Candganji solicitou ainda ao governo para a construção de um hospital de referência, estradas terciárias que ligam a sede municipal às três comunas e aldeias, isoladas por falta de vias de comunicação.

Tempo

Multimédia