Províncias

Cada vez há mais pessoas com Bilhete de Identidade

Lourenço Bule | Menongue

O Departamento Provincial de Identificação Civil e Criminal do Cuando Cubango emitiu gratuitamente este ano até Maio 10.296 Bilhetes de Identidade de pessoas que nunca o tiveram.

A chefe de departamento provincial de Identificação Civil e Criminal referiu que os documentos foram tratados no âmbito do despacho presidencial que isenta, até Dezembro de 2016 as pessoas, independentemente da idade, desde que o requeiram pela primeira vez.
O mesmo despacho isenta igualmente o pagamento de emolumentos do registo de nascimento. Maria de Fátima Baco afirmou que no mesmo período renovados 4.669 Bilhetes de Identidade e passados 3.041 registos criminais, que permitiram a arrecadação para os cofres do Estado de mais de 2,5 milhões de kwanzas. A maioria das pessoas que requereu pela primeira vez o Bilhete de Identidade é oriunda do Bié, Huíla, Huambo e até os que vêem de Luanda.
Estas pessoas disseram ter requerido o Bilhete de Identidade tão longe de casa por se registarem grandes enchentes nos postos das zonas de residências.
Os Serviços de Identificação Civil e Criminal tencionam abrir ainda  este ano postos no Rivungo, Cuangar e Nancova.
Fátima Baco mencionou a falta de energia eléctrica nos municípios do Cuchi, Cuito Cuanavale e Mavinga como a maior dificuldade ao trabalho diário de registos de nascimento e de emissão de Bilhetes de Identidade.
Outra dificuldade, referiu, é a falta de infra-estruturas nos locais onde se pretende promover os serviços que tem sido superada com recurso às instalações do Balcão Único do Empreendedor.

Tempo

Multimédia