Províncias

Casas sociais para a juventude já começaram a ser sorteadas

Carlos Paulino | Menongue

O comité provincial do Kuando-Kubango de avaliação das candidaturas de acesso às casas sociais da juventude sorteou, no fim-de-semana, em Menongue, as primeiras 48, construídas no âmbito do programa "Angola Jovem".

Um ângulo do bairro social da juventude erguido na cidade de Menongue
Fotografia: Nicolau Vasco| Menongue

O comité provincial do Kuando-Kubango de avaliação das candidaturas de acesso às casas sociais da juventude sorteou, no fim-de-semana, em Menongue, as primeiras 48, construídas no âmbito do programa “Angola Jovem”.
As inscrições começaram em de Dezembro e encerraram a 30 de Abril. Registaram-se 59 jovens, tendo sido seleccionados 48.
As casas foram avaliadas em 40 mil dólares. Os jovens seleccionados tiveram de fazer um depósito de 10 por cento daquele valor. O período de amortização do crédito é de 15 anos.
Um dos elementos do comité de avaliação, Filipe Lutonda, esclareceu que o sorteio foi antecipado para os jovens poderem pagar os 10 por cento de sinal até 30 de Outubro, altura que são entregues as casas já apetrechadas.
A vice-governadora da província para área económica afirmou que o sorteio foi “mais um passo na concretização dos projectos gizados pelo Governo e pelo MPLA” para a solução dos problemas que afectam a juventude.
O projecto, referiu Verónica Mutango, é extensivo a toda província, estando prevista, ainda para este ano, a construção de 20 casas sociais no município do Cuito Cuanavale e igual número no Cuchi.

Tempo

Multimédia