Províncias

Casos de malária estão a aumentar

Weza Pascoal | Menongue

Um total de 8.849 crianças deram entrada no hospital pediátrico de Menongue, entre os meses de Setembro e Novembro deste ano, com diversas patologias, das quais 852 foram internadas e 26 outras acabaram por morrer, informou ontem a directora administrativa da unidade sanitária.

Rosa Maria Jamba disse ao Jornal de Angola que durante o período em análise, houve um aumento de casos da malária, tendo o hospital registado 4.210 ocorrências, doenças respiratórias agudas com 1.635 casos, diarreicas agudas com 1.455, dermatites (infecções na pele) com 185, parasitose 183, má nutrição 148, varicela 54 casos e raiva com dois.
As chuvas que caem diariamente na província foram apontadas por Rosa Maria Jamba como a principal causa da origem destas doenças.
Dada as ocorrências, Rosa Maria Jamba disse que o hospital, com capacidade para 100 camas, está sem espaço para acomodar as dezenas de crianças que são internadas diariamente, o que, segundo a responsável, leva com que alguns pacientes recebam assistência médica e medicamentosa nos corredores que foram transformados em enfermarias.
O Hospital Pediátrico da cidade de Menongue conta com quatro médicos, dois dos quais de nacionalidade angolana e igual número de cubanos, além 36 enfermeiros, número considera insuficiente.

Tempo

Multimédia