Províncias

Casos de sarampo e malária preocupam as autoridades

Lourenço Bule | Menongue

De Agosto de 2012 até Abril deste ano morreram em Canhongo, Kuando-Kubango, 62 crianças com malária ou  sarampo, disse o coordewnado da aldeia.

Isaac Daniel afirmou que também há ainda preocupações com as diarreias, doenças respiratórias agudas e anemias, situação agravadas por não haver nem posto médico, nem transporte para levar doentes para o hospital central de Menongue.
“As crianças às vezes morrem à espera do táxi que as levem às unidades sanitáriaa”, disse e salientou a urgência de se construir uma estrutura de saúde, na localidade. A situação, referiu, é particularmente crítica no tempo chuvoso devido ao surgimento de charcos de água que criam mosquitos responsáveis pela malária e outras doenças.
O governador do Kuando-Kubango prometeu que na próxima semana começa a ser construído um centro de saúde em Canhongo.
“Ao termos conhecimento destes problemas decidimos construir um centro médico a partir da próxima semana para que não hajam mais mortes por falta de assistência médica e medicamentosa, bem como de transporte”, referiu o governador.

Tempo

Multimédia