Províncias

Casos de Sida aumentaram

Carlos Paulino | Menongue

As autoridades sanitárias do Kuando-Kubango estão preocupadas com o aumento significativo de casos de VIH/Sida na região.

As autoridades sanitárias do Kuando-Kubango estão preocupadas com o aumento significativo de casos de VIH/Sida na região.
 De Janeiro a Agosto do ano em curso foram diagnosticados 444 novos casos positivos da doença, entre as 7.631 pessoas que acorreram aos Centros de Aconselhamento e Testagem Voluntária (CATV).
O supervisor provincial do programa de luta contra o VIH/Sida, António Aguiar, disse ao Jornal de Angola que dos casos registados 106 foram notificados em mulheres grávidas, 15 em crianças e 323 em jovens.
António Aguiar sublinhou que comparado com igual período de 2011 em que as autoridades sanitárias registaram 248 novos casos positivos, das 3.769 pessoas aconselhadas e testadas nos CATV, houve um aumento de 196 casos.  António Aguiar acrescentou que dos 248 casos de VIH/Sida registados no ano passado, 71 foram diagnosticados em mulheres grávidas, quatro em crianças e 173 em jovens. Dos casos registados neste período 23 terminaram em morte.
O supervisor provincial apontou o Menongue como a localidade desta região do sudeste de Angola com mais casos da doença.
 “As extensas fronteiras e o fluxo migratório entre o Kuando-Kubango, a Namíbia e a Zâmbia estão na origem da propagação desta doença na província, tendo em vista que estes dois países registam um elevado número de pessoas infectadas”, disse. António Aguiar salientou que para inverter o actual quadro as autoridades sanitárias estão a intensificar as campanhas de sensibilização sobre a prevenção e o combate do VIH/Sida.

Tempo

Multimédia