Províncias

Casos diminuem no Cuando Cubango

Cláudia Muhatili | Menongue

A directora provincial do sector da Família e Promoção da Mulher do Cuando Cubango disse, em Menongue, que está a registar-se uma redução considerável de casos de violência doméstica na província.

População da província é aconselhada a denunciar os casos de violência doméstica
Fotografia: Francisco Bernardo

Florinda Katongo adiantou que a redução de casos é fruto do reforço das campanhas de sensibilização que a instituição tem desenvolvido sobre as consequências deste mal que tem desestruturado muitas famílias e até resultado em tragédias.
No primeiro trimestre do ano registaram-se 77 casos de violência, dos quais 36 foram solucionados, seis transferidos para o Tribunal Provincial e igual número resultou em divórcios, três encaminhados para Investigação Criminal, um para a Justiça Militar e 25 estão, neste momento, pendentes, informou a directora provincial do sector da Família e Promoção da Mulher do Cuando Cubango, que explicou que no ano passado, a instituição registou 546 casos de violência doméstica, “com maior relevância para as agressões físicas, psicológicas e económicas”.

Condições de trabalho

Florinda Katongo fez saber que para um trabalho mais eficaz urge a construção adequada e condignas de um edifício, para que a direcção provincial da Família e Promoção da Mulher possa funcionar em melhores condições.
A directora provincial do sector da Família e Promoção da Mulher do Cuando Cubangodefendeu a construção de centros de aconselhamento familiar nos municípios de Cuchi, Cuito Cuanavale, Calai, Cuangar, Nancova, Dirico, Rivungo e Mavinga.
Florinda Katongo realçou que vão continuar a desenvolver-se campanhas de educação e sensibilização, proceder visitas às mulheres internadas nas maternidades, idosos e às autoridades tradicionais.A responsável da Família e Promoção da Mulher na província do Cuando Cubango disse que dos grandes projectos da instituição faz parte a realização de encontros com os representantes municipais e comunais.
A população continua a ser aconselhada no sentido de denunciar os casos de violência doméstica registados nas comunidades, o que tem contribuído significativamente para a diminuição de casos no Cuando Cubango.

Tempo

Multimédia